O NOVO GÊNESIS:O ESPÍRITO SANTO E A REGENERAÇÃO

(R.C Sproul)

"Sem a presença do Espírito não há convicção,
nem regeneração, nem santificação, nem purificação, e nem obras aceitáveis...
A vida está no Espírito vivificador".
(W. A. CRISWELL)

NASCIMENTO e renascimento. Ambas essas coisas resultam das operações do Espírito de Deus. Da mesma maneira que nada pode viver biologicamente à parte do poder do Espírito Santo, assim também nenhum ser humano pode viver à parte da obra do Espírito.
Em seu discurso diante de Nicodemos, Jesus disse acerca do Espírito Santo:

Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus (João 3.3).

"Nascer de novo" é experimentar uma segunda gênesis. É um novo começo, um novo arranco na vida. Quando algo se inicia, geralmente dizemos que aquela coisa foi gerada. E se foi iniciada de novo, ela foi regenerada. O verbo grego geniauo, traduzido por "gerado", significa "ser", "tornar-se" ou "acontecer". A regeneração, operada pelo Espírito Santo é uma mudança. É uma mudança radical que cria uma nova espécie de ser.

Ser regenerado não significa que somos transformados de um ser humano em um ser divino. Mas significa que fomos modificados de seres humanos que estão espiritualmente mortos para seres humanos que estão espiritualmente vivos.
Pessoas espiritualmente mortas são incapazes de ver o reino de Deus. O reino de Deus é invisível para elas, não porque esse reino seja, por si mesmo, invisível, mas por que as pessoas espiritualmente mortas estão espiritualmente cegas.